Trinta e dois anos após o último filme da primeira trilogia, Star Wars: O Retorno de Jedi (Star Wars: Return of Jedi), de 1983, muita gente ficou esperando uma continuidade a altura do primeiro ato criado por George Lucas. Parece que finalmente isso aconteceu. Star Wars: O Despertar da Força (Star Wars: The Force Wakens) resgata todo o amor e mística que a saga construiu ao longo desses anos. Não eram só os fãs que aguardavam pelo retorno dos Jedi ou do lado negro da força, todo mundo, de alguma forma, estava à espera.

/Star Wars: a força despertou

star warsA grande batalha deste novo capítulo era apresentar um filme interessante para uma nova geração e respeitar tudo o que saga representou no final dos anos 70 e começo dos anos 80, tarefa dura já que a segunda trilogia não foi um sucesso como a primeira, motivo que gerou muitas criticas na época e nem foi unanimidade pelos os fãs. Então, como desenvolver uma nova saga para um público novo, sem esquecer o passado e, principalmente, projetar o futuro? Talvez a resposta seja entender alguns aspectos: Primeiro, J.J. Abrams (criador de “Lost”). Ele traz para o filme uma nostalgia quando vemos em tela Han Solo (Harrison Ford), Lea Organa (Carrie Fisher), Chewebacca (Peter Mayhew), R2D2 e C3PO.

star wars

É impossível não abrir um sorriso ao ver cada aparição de Han Solo. Todos os principais personagens da primeira trilogia estão lá, direta e indiretamente. Isso é um ponto alto do filme, pois dá para se ver o cuidado que Abrams teve com os fãs mais antigos. Segundo: A trama apresenta personagens novos muito bem. Sem muitas delongas explica quem são, porque estão lá e onde devem chegar, ou, pelo menos, um vislumbre até onde eles podem ir.

Rey (Daisy Ridley), Finn (John Boyega), Poe Dameron (Oscar Isaac), Kylo Ren (Adam Driver) e BB-8 são o futuro de Star Wars. É neles que a saga vai se estruturar para contar uma nova trilogia. Claro que todos precisam se desenvolver ao longo dos próximos filmes, crescer dentro da história, buscar os próprios caminhos e saírem, aos poucos, da sombra de Luke, Leia e Han Solo. Eles podem conseguir isso. É como se o mestre passasse, com o perdão do trocadilho, o sabre de luz, aos poucos para que não seja precipitado.

star wars

O simpatico BB-8

No primeiro filme essa mudança já começa a acontecer e vai culminar no Episódio IX, em 2019. Star Wars: O Despertar da Força atende as expectativas de todos, dos novos e dos velhos, deixa algumas dúvidas para serem respondidas nos próximos longas, mas entrega o que promete – um ótimo filme e super divertido. E relembra o que significa Star Wars.

Ah, você quer saber sobre Luke Skywalker? Está lá também, mas é só isso que você precisa saber. O resto é correr para o cinema.