Se você corre, sabe que a postura é um fator importante, tanto para sua saúde quanto para seu desempenho esportivo. De acordo com Ronaldo Martinelli, coordenador do programa Bio Running da Bio Ritmo, a maneira com a qual seu corpo se move pode deixar a corrida segura, evitar lesões e diminuir o cansaço.

Leia também: Conheça o Spotify Running, função que incrementa sua corrida

/ A importância da postura correta

“A postura deve se ajustar ao ritmo de trabalho que você impõe na corrida. Um posicionamento errado durante o treino implica em menos eficiência mecânica do organismo, o que pode levar a uma fadiga precoce”, explica.

Martinelli explica ainda que você precisa fazer algumas avaliações biomecânicas, além de medição dos vícios de postura, para realizar as adequações necessárias. “Corrigir sua forma de correr é de extrema importância, mas deve ser feito com cuidado e paciência, pois no processo mecânico você executa uma determinada postura que já vem de anos, e mudar isto pode ser doloroso e, algumas vezes, desnecessário”, comenta.

Leia também: Antes de correr, é preciso realizar alguns exames

Essas avaliações devem ser feitas por um médico ou fisioterapeuta, e caso você tenha indícios de lesões, o indicado é um processo de mudança postural imediata. Ele ainda cita alguns pontos de atenção para melhorar sua eficiência motora. Confira abaixo:

01.

O tronco deve estar ligeiramente elevado a frente, para que se aproveite a inércia do movimento

02.

Os joelhos devem estar sempre flexionados ao receber o impacto da passada

03.

Ao preparar a próxima passada, os joelhos devem flexionar em pelo menos 90° e os tornozelos ou pés devem ser elevados

04.

O quadril deve sempre ser mantido elevado com flexão leve

05.

A entrada do pé deve ser feita com a parte média e não o calcanhar

06.

A posição dos braços deve estar em 90° com as mãos passando na linha da cintura

07.

Ao executar a passada, alinhe os dos dois pés em sentido único