Ortorexia nervosa, transtorno que afeta viciados em comidas saudáveis

veg_opt

Uma alimentação saudável é essencial para bom desempenho físico e mental, além de evitar doenças. Porém, quando isso se torna obsessão, o comportamento passa a ser nocivo. E, a isso, damos o nome de ortorexia nervosa.

Ortorexia nervosa é a obsessão não saudável por um ingestão alimentar saudável. É irônico porque as pessoas se tornam tão obcecadas com a ideia de saúde que assumem comportamentos nocivos à saúde.  Essa obsessão com uma alimentação saudável e não com a quantidade de alimento consumido ou com o peso corpóreo faz a ortorexia nervosa diferente de outros transtornos alimentares.

/ Ortorexia Nervosa

O termo foi criado pelo médico americano Steven Bratman, com conhecimento de causa: Bratman, em meados de 1997, se descobriu ortorexo. Afinal, ele se recusava a comer legumes após 15 minutos de cozimento. Daí, vem o significado: orthos, no grego, significa correto e orexis é apetite.

Quem sofre de ortorexia nervosa consome todos os alimentos sem aditivos, conservantes ou métodos de processamento que tornariam o alimento, em tese, impuro. A ingestão alimentar se torna rigorosa e caracterizada pela negação, assim como acontece com quem sofre de anorexia.

“No final, o ortoréxico acaba passando grande parte da sua vida planejando, comprando, preparando e comendo seus pratos”, explica Bratman em seu livro Health Food Junkies (Viciados em Comida Saudável, em tradução livre).

As relações sociais podem ser prejudicadas à medida que eles se tornam moralistas ao compararem suas dietas às de outros.

Comportamentos obsessivos em relação aos alimentos não são considerados normais. Perfeccionismo e rigidez na dieta quase sempre resultam em deficiências nutricionais, pois muitos nutrientes como vitaminas e minerais dependem de uma grande variedade de alimentos para fornecer a quantidade suficiente. Quem tem ortorexia provavelmente se beneficiaria com o aconselhamento de um psicólogo e um nutricionista com conhecimento em ingestão alimentar desordenada.

Fique atento!

0 I like it
0 I don't like it

Sou nutricionista e cozinheira amadora nas horas vagas. Me especializei em Nutrição Clínica, Fisiologia do Exercício Avançada, obesidade e e Emagrecimento e por fim Alimentos Funcionais e Nutrigenômica (por enquanto...). Minha maior área de atuação é Obesidade. Já fiz aulas de culinária e me apaixonei por tudo relacionado à comida. Escrevo para alguns sites, revistas e dou entrevistas na Rede Globo Minas sempre que posso, falando sobre alimentação saudável. Também participei da primeira temporada do programa Perdas e Ganhos, no canal GNT.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *