A grande maioria das dietas detox da moda são constituídas à base de sucos. Você se alimenta da bebida o dia inteiro, e isso varia de acordo com a duração da dieta que você escolher (1 dia, 2 dias, 3 dias…).

Sabemos hoje – e isso é comprovado por meio de inúmeros estudos – que alimentos líquidos não dão saciedade como os alimentos sólidos. A sensação de saciedade começa com a mastigação, portanto ingerir sucos o dia inteiro pode não ser uma boa idéia.

LEIA TAMBÉM: Fome ou vontade de comer? Entenda a diferença

Um outro ponto importante é que sucos não têm nem metade das fibras presentes nas frutas inteiras. E são ricos em frutose, um carboidrato que nosso corpo não lida muito bem. Também não são nutricionalmente adequados, pois tomar suco o dia todo não vai fornecer todos os nutrientes que você precisa e, se você ainda pratica atividade física regularmente, pior ainda.

Podemos definir dieta detox como aquela em que você retira tudo que é industrializado e ruim da sua alimentação, ou seja, não consome salgadinhos de pacote, sucos de caixinha, barrinhas de cereais ruins e por aí vai. E isso não significa viver a base de sucos. Uma boa dieta detox começa quando você tem conhecimento sobre alimentação. Quando você resolve comer comida de verdade: arroz, legumes, verduras, carnes magras, grãos integrais, etc.

LEIA TAMBÉM: Os benefícios das verduras nos sucos de frutas

Afinal, nem é preciso saber muito para constatarmos que qualquer pessoa que passa dias à base de sucos (ou sopas) emagrece facilmente, não é mesmo?

O recado é simples: fuja de dietas da moda e tenha paciência se você deseja perder peso. Melhor ir devagar e sempre do que ir muito rápido e não conseguir manter ou engordar tudo de novo. Respeite seu corpo e oriente-se sempre com um bom profissional.