Estudo sugere que fumar maconha melhora seu desempenho sexual

maconha

Você já deve ter ouvido (ou até mesmo constatado) que fumar maconha antes de transar faz com que o sexo seja mais intenso e prazeroso. Acontece que a ciência resolveu confirmar essa hipótese popular.

Leia também: Quer mais sexo em sua vida? Sono pode ser a resposta

Pesquisadores do departamento de urologia da Universidade Stanford (EUA) revisaram uma pesquisa realizada pelo Centro de Controle de Doenças (CDC, na sigla em inglês), que contou com a participação de cerca de 28 mil mulheres e 22 mil homens acerca do assunto. O objetivo, na verdade, era entender se fumar maconha estava, de alguma forma, relacionado à disfunção sexual masculina, uma vez que essa é a área de atuação dos especialistas em questão. 

Eles descobriram que pessoas que fumam maconha diariamente transam 20% mais vezes do que os abstêmios. Para os homens, retarda, de certa forma, a ejaculação e propõe os mesmos efeitos hormonais que em mulheres. Veja mais abaixo. 

/ Maconha aumenta o tesão

É curioso reparar que esse estudo não é o primeiro a revelar que quem fuma maconha transa mais. A fabricante de preservativos Skyn, algum tempo atrás, realizou a própria investigação sobre o tema. O resultado foi que aqueles que fumam diariamente transam cerca de 14% mais do que quem não fuma. Tem mais: nessa pesquisa, foi constatado que 59% dos fumantes são mais confiantes na cama quando apenas 41% de quem não fuma ou nunca fumou disseram ser muito bons no sexo. 

Leia também: as melhores músicas para transar 

Outro estudo, dessa vez realizado pela Universidade Saint Louis (EUA), revelou que 68% (a maioria) das mulheres que fumam maconha antes do sexo relataram sentirem mais tesão durante a prática do esporte, sendo comum para as entrevistadas acender um beck quase que obrigatoriamente antes de transar. O objetivo para 72% delas é aumentar a libido, enquanto 62% defendem que a qualidade e intensidade do orgasmo é maior quando fumam.

Os cientistas acreditam que ansiedade e estresse (sensações comuns quando casais transam pela primeira vez) são responsáveis por diminuir a lubrificação vaginal e a libido. Nesse sentido, a maconha atua quase com um ansiolítico, que faz com que o organismo produza endorfina e outros hormônios que causam relaxamento e sensação de bem-estar. “De forma pontual e em doses moderadas, fumar maconha pode – durante um curto período – aumentar a sensação de prazer durante o sexo”, contou a médica ginecológica Monica Grover, em entrevista à Forbes. Monica alerta que diversos estudos demonstram que fumar maconha por muito tempo pode, no entanto, potencializar quadros e crises de ansiedade.

Ou seja, é melhor não depender de cannabis todas as vezes em que for para a cama. 

0 I like it
0 I don't like it

Sou jornalista, pesquisador, escritor e fundador do grupo O Hall. Tenho dezenas de produções para veículos como O Estado de São Paulo, Revista Sport Life, Revista O2, Revista Men's Health Brasil, Revista GQ Brasil, Revista VIP. Surfo, escalo e já fui correndo de SP ao RJ... duas vezes.

One Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *