Segundo dados recentes do Ministério do Turismo, o mergulho é o segundo principal motivo de viagens feitas a lazer por estrangeiros no País (21,3% da preferência dos visitantes), seguido pela procura por sol e praia (64,2%).

A idade média do viajante aventureiro é de 34 anos e o tempo médio de viagem de aventura é de 7,5 dias, de acordo com dados da Adventure Roundup Research/Adventure Travel Trade Association.

“Do arquipélago Fernando de Noronha, no litoral de Pernambuco, passando pela Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro até a Ilha do Arvoredo, em Santa Catarina, são vários pequenos paraísos escondidos embaixo d’água que podem ser desbravados”, afirma o fotógrafo Ricardo Junior, fundador do Guia Viagens Brasil.

Veja abaixo a lista dos cinco melhores locais para mergulho no Brasil, segundo o fotógrafo.

RECEBA CONTEÚDOS EXCLUSIVOS TODA QUARTA-FEIRA. NÃO SE PREOCUPE, TAMBÉM ODIAMOS SPAM!

Ilha do Arvoredo (SC)

No litoral de Santa Catarina, a Ilha do Arvoredo é o local mais procurado para mergulho no sul do Brasil. Faz parte da Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, que possui outras quatro ilhas em 17.600 ha. Ao sul da Reserva, o mergulho recreativo é permitido e a biodiversidade marinha é muito grande, um refúgio de tartarugas, garoupas, polvos, tainhas, arraias e centenas de outras espécies.

Guarapari (ES)

Guarapari, no litoral do Espírito Santo, é outro ponto excelente e muito procurado por mergulhadores no Brasil. De acordo com a Sociedade Brasileira de Ictiologia, que se dedica ao estudo dos peixes, Guarapari possui a maior diversidade de peixes de recifes do país, com 220 espécies identificadas.

Fernando de Noronha (PE)

Fernando de Noronha é um arquipélago distante 543 km do litoral de Pernambuco. Possui 21 ilhas e é considerado um dos melhores lugares do mundo para prática do mergulho, devido, principalmente, a temperatura da água do mar por volta de 28º C e visibilidade subaquática de até 70 metros em alguns pontos.

Arraial do Cabo (RJ)

Na costa fluminense, Arraial do Cabo é o lugar preferido pelos mergulhadores. As águas são profundas e apresentam, constantemente, baixas temperaturas, em torno de 15 ºC. Entretanto, são nestas condições que muitas espécies preferem viver, como é o caso de cavalos-marinhos, tartarugas e arraias.

/ Abrolhos (BA)

Na Bahia, a 75 quilômetros da costa a partir da cidade de Caravelas, o Parque Nacional de Abrolhos foi o primeiro parque nacional marinho do Brasil, criado em 1983, para preservar a biodiversidade local. É considerado um dos melhores pontos de mergulho do País, pois possui águas translúcidas e é o habitat de mais de 19 espécies de corais, algumas endêmicas da região, e cerca de 95 tipos de peixes, que coloridos enfeitam o ambiente subaquático baiano.