Com a crise de falta de água que estamos vivendo, talvez o principal hobby dos homens foi diretamente atingido. O cuidado com o carro.

Os homens adoram quando chega o final de semana, para dar aquele super trato na “caranga”, uma lavagem completa deixando o meninão com um brilho de arrancar olhares.

Mas com os nossos reservatórios de água praticamente vazios, devemos ter consciência sobre este assunto e pensar que muitas pessoas já estão sofrendo com cortes de água.

Segundo a Sabesp , lavar o carro durante 30 minutos com a mangueira não muito aberta gasta 216 litros de água. Com meia volta de abertura, o desperdício chega a 560 litros.

Mas e agora vou deixar meu carro sujo? Não, apenas troque o tipo de lavagem. Ao invés da lavagem comum com água pense na ideia de usar a lavagem à seco. O resultado final será o mesmo, senão até melhor e você estará fazendo sua parte para ajudar a economizar água nesta crise hídrica.

Embora a lavagem a seco já esteja presente há mais de 20 anos no mercado, muitas pessoas ainda se sentem inseguras com relação ao procedimento. Seja por medo de danificar a pintura, ou receio de pagar muito caro, elas ainda têm um pé atrás no que diz respeito ao assunto. Por isso O Hall foi até a DryWash para ter maiores informações sobre o assunto e trouxe os principais motivos para te mostrar que a lavagem a seco pode ser a melhor escolha.

lavagem_secoVamos a elas:

1 -Lavar à seco, vai danificar minha pintura?
DryWash:  Ao contrário do que a maioria acredita, a lavagem a seco não causa nenhum dano à pintura, mesmo quando o carro está muito sujo. O produto utilizado é especialmente desenvolvido para fragmentar as micropartículas de sujeira, tornando o processo mais rápido e eficiente.

2 – A Lavagem à seco é mais demorada que a tradicional com água?
DryWash: O processo de limpeza do veículo é concluído mais rapidamente quando utilizada a lavagem a seco, já que é dividido em 3 etapas de acordo com a quantidade de panos utilizados, enquanto que a convencional consiste de lavagem, e enxague e secagem que demoram mais tempo para ser realizadas.

3 – É verdade que esse tipo de lavagem deixa manchas na pintura?
DryWash: A secagem manual nem sempre é eficiente, podendo deixar manchas na pintura, além de fiapos do pano que podem ficar grudados. A lavagem a seco não deixa manchas, já que a 3ª etapa consiste numa inspeção cuidadosa da pintura para dar um melhor acabamento, removendo quaisquer manchas que tenham ficado durante o processo.

4 – Posso fazer a lavagem à seco em qualquer lugar?
DryWash: Devido a sua versatilidade, o Lavagem a Seco pode ser utilizado a qualquer momento e em qualquer lugar. Mas lembre-se de deixar o carro à sombra durante alguns minutos antes de realizar o procedimento, para evitar manchas na superfície onde o produto será aplicado.

5 – Mas e meu carro, terá o mesmo brilho que a lavagem com água?
DryWash: Terá mais brilho, O produto possui uma fórmula de alta tecnologia, composta por ingredientes vegetais, como a cera de carnaúba, que confere brilho intenso à pintura.

6 – Mas efetivamente, quanto se economiza de água?
DryWash: A lavagem à seco preserva em média 320 litros de água. Esta é a quantidade média de consumo de água por cada carro lavado, utilizando xampus, detergentes e outros produtos que necessitem de enxágue para serem removidos. É o bastante para abastecer um lar com 4 pessoas durante 3 meses de água potável.

7 – Lavar à seco é muito mais caro que a lavagem tradicional?
DryWash: É uma crença popular que a lavagem a seco sai mais caro. A verdade é que levando em conta o custo da água e esgoto, a lavagem a seco já sai bem mais em conta na maioria das vezes. A média de valor para carros pequenos é de R$ 35,00 .
E agora, por qual modo você vai optar?