CONTEÚDO APRESENTADO POR WOODFORD RESERVE

Aqui está tudo o que você precisa saber sobre uísque bourbon
BRUNO ACIOLI
O uísque bourbon é a bebida mais americana de todas. Carregada de histórias e sabores, atravessou os tempos, sofreu e foi reconhecida pela legislação até chegar ao mundo dos coquetéis, inclusive no Brasil.
Aqui, apresentamos tudo o que você precisa para apreciar um verdadeiro uísque bourbon premium. Pegue seu copo e aproveite esse passeio! 

/ A origem do uísque bourbon

Apesar de algumas estórias sugerirem que o nome tenha relação com o período da Lei Seca, quando a venda, produção e distribuição de alcoólicos era proibida nos EUA, historicamente, o primeiro uísque bourbon surgiu no condado de Bourbon, no estado de Kentucky (EUA), no final do século XVIII. “É lá, inclusive, que nossa destilaria reside até hoje desde 1812, produzindo uísque em processo artesanal”, explica Tom Vernon, embaixador global de Woodford Reserve, uma das mais antigas destilarias americanas.  Tom nos recebeu em São Paulo para uma entrevista exclusiva, onde contou sobre a história do destilado, coquetéis e, claro, para apreciar a bebida. Confira abaixo os melhores momentos.

Para ser considerado um bourbon, é preciso seguir algumas regras no processo de destilação, como conta Vernon. “A legislação estabelece que a fórmula do uísque precisa ter pelo menos 51% de milho em sua constituição. Nossa receita vai além, com 72% do grão, além de 10% de cevada maltada e 18% de centeio, que conferem consistência e sabor único”, explica.

/ as cinco fontes de sabor

receita mencionada pelo embaixador integra o processo de destilação que faz de Woodford Reserve um verdadeiro uísque bourbon premium. Ele é conhecido como as cinco fontes de sabor.

A primeira delas, como você viu acima, trata-se dos grãos. Wodfoord Reserve é produzido com 18% de centeio, quantidade alta para um bourbon, mas que remete o sabor da bebida à especiarias. 

Além de grãos de qualidade, a água também tem papel fundamental aqui. Filtrado com calcário e isento de ferro, o líquido mantém sais mineiras essenciais para a etapa de fermentação do uísque, sendo um dos mais longos da indústria exatamente para garantir aromas e sabores exclusivos.

Após a fermentação, o líquido é transferido para dois tipos de alambiques, sendo um deles de coluna, que garante as reações químicas necessárias para uma destilação de qualidade. Essa combinação também impacta no gosto e aroma do bourbon.

Por fim, é hora de deixar o uísque em maturação. “Aqui na Woodford Reserve nós produzimos nossos próprios barris de carvalho branco e tostamos todos eles antes de preenche-los com o que virá a ser nosso uísque. É assim que a mágica acontece”, enfatiza Vernon.

 

Quer receber mais conteúdos sobre uísque? Inscreva-se abaixo.
Nada de spam!

 
E

GRÃOS

E

ÁGUA

E

FERMENTAÇÃO

E

MATURAÇÃO

E

FERMENTAÇÃO

“Aqui em Woodford Reserve, nós produzimos nossos próprios barris de carvalho branco e tostamos todos eles antes de preenche-los com o que virá a ser nosso uísque. É assim que a mágica acontece”

/ Aromas e sabores de Woodford Reserve

Todo esse processo que você acompanhou acima garante ao bourbon premium de Woodford Reserve mais de 212 aromas e sabores detectáveis aos primeiros goles (e que nós tivemos a chance de experimentar), separados em cinco categorias, que você confere abaixo.