Imagine a seguinte cena: segunda-feira, 16h30. Lá fora, a temperatura é de 30ºC. Aí dentro, o ar-condicionado garante um ambiente, digamos, mais humano para se viver. Na mesa do escritório, dezenas e dezenas de papéis para entregar até o fim da semana. E a disposição para resolver as pendências é zero. Isso parece familiar?

A explicação para sua falta disposição, foco, atenção e vontade de trabalhar pode estar ao seu redor: a qualidade do ar que você respira.

Um estudo conduzido pela Universidade Harvard (EUA) constatou que o ambiente da firma é o responsável por sua perda de função cognitiva [todo o processo que envolve atenção, percepção, memória, raciocínio e imaginação]. Pessoas que trabalham do lado de fora desses prédios comerciais ou em locais com divisórias vivas, criadas com plantas e flores, tiveram resultados 61% superiores do que os executivos de escritórios, em teste de cognição conduzido em laboratório.

Quando você está exposto a esse tipo de microatmosfera, sem janelas abertas e com ar-condicionado bombando nos dias de calor está exposto a dezenas de compostos orgânicos voláteis (COVs), presentes na tinta da impressora, na cor da parede, nos carpetes e até nos adesivos grudados no seu laptop, que aumentam o nível de CO2 do seu andar. Essas substâncias foram estudadas em muitas situações, inclusive quando você está dirigindo, e culpadas por diversos problemas de saúde, como irritação nas vias respiratórias, fadiga, falta de ar, dor de cabeça, náusea, danos ao sistema nervoso, ao fígado e aos rins e câncer.

Contra-ataque o mal
Já existe uma tendência brasileira em seguir alguns modelos de construção (como o europeu) e adotar pomares, herbários e paredes vivas (divisórias criadas de plantas) dentro dos escritórios. As ervas são pró em absorver o CO2 e melhorar a qualidade interna do ar. Se você não trabalha em um desses, coloque um vaso de cacto, samambaia pequena ou lírio da paz em sua mesa. Por 15 anos a Nasa estudou a relação dessas espécies da flora com o CO2 e outros COVs e constatou que elas têm a capacidade de filtrar o ar que circula internamente e remover os gases tóxicos em ambientes fechados.

Não quer criar um jardim ao lado do computador? Lance a proposta para o RH de sua empresa. Explique os benefícios para a saúde de todos os funcionários ao disponibilizar algumas unidades de ervas em cada andar.

Planta_no_escritório

Foto: StockSnap