Marca de gin produzido na Venezuela propõe não só um produto de alta qualidade, mas também com impacto ambiental positivo. 

Num momento em que a Amazônia está no centro de uma discussão internacional sobre cuidados com o meio ambiente devido às recentes queimadas que ocorreram em áreas de preservação, se posicionar contra esta devastação é algo essencial. Essa premissa é apresentada no lançamento de um novo destilado chamado Canaïma (em referência a região do Parque Nacional Canaima, localizado em Bolivar, criado em 12 de junho de 1962 e declarado patrimônio da humanidade pela UNESCO no ano de 1994)

O Gin conta com 10 botânicos da região da floresta amazônica, apresenta 47% de teor alcoólico e foi desenvolvido por Simone Caporale, um dos bartenders mais renomados do mercado internacional. “Foi um prazer estar envolvido num projeto tão grande como a preservação da Amazônia e do seu povo. Sempre foi uma causa importante para mim”, disse em comunicado.

/ Gin com responsabilidade ambiental

A marca atua em parceria com povos indígenas na plantação, colheita e produção do gin, criando empregos sustentáveis para as diferentes comunidades da região. O produto ainda faz parte de um trabalho com o projeto Salvar a Amazônia, que combina tecnologia, aplicativos móveis e o potencial humano das comunidades indígenas no combate à destruição da florestas e na plantação de árvores.

RECEBA CONTEÚDOS EXCLUSIVOS TODA QUARTA-FEIRA. NÃO SE PREOCUPE, ODIAMOS SPAM!

De acordo com os produtores, o gin Canaima compromete-se a alocar 10% das vendas em iniciativas como cultura e patrimônio para preservar as raízes ambientais da preservação. 

O produto ainda não está disponível no Brasil.