Ao que parece, a informalidade tem limite na paquera online. Principalmente quando você está à procura de uma nova namorada. O site de relacionamentos ParPerfeito realizou uma pesquisa com 5.200 solteiros e solteiras de todo o Brasil (que são cadastrados por lá), e descobriu que 23% das mulheres declararam não tolerar erros de português quando estão numa paquera online. Ou seja, nada de “agente vai”, “se tá bem?” e outros construções coloquiais que, inclusive, são muito, muito erradas. “Os erros de português apontam para uma decepção, e com razão, com o descuido que algumas pessoas têm ao usar o canal de encontro sem atentar para detalhes que terminam revelando falta de conhecimento e indiferença na hora de se apresentar”, explica Rosana Braga, psicóloga de Florianópolis. “Pode parecer banal, mas quem aposta na comunicação escrita para conquistar alguém, poderia ao menos observar o corretor de texto disponível nos aplicativos mais populares.”

/ Não erre na paquera

Outro número impressionante é sobre os famosos nudes. 34% das pessoas – homens e mulheres – dizem não gostar de quem manda foto sensual ou sem roupa logo no começo da paquera. “O mais curioso desse resultado é que faz cair por terra algumas crenças que muitas mulheres alimentam sobre os homens estarem interessados apenas em sexo. Pesquisas como essas podem servir para clarear a real intenção de homens e mulheres e facilitar o alinhamento entre eles para encontros muito mais certeiros e promissores”, declara Rosana .

Mais resultados da pesquisa: a maioria das solteiras (47%) não gosta de posts carregados de drama, portanto, essa atitude é algo que possivelmente afastará você. Também aparecem na lista o pedido para bloquear um ex-namorado (a), com 27%, e o excesso de selfies, com 26%.

“Também nesses quesitos da pesquisa, penso que os resultados demonstram o quanto as pessoas estão carentes de uma comunicação mais limpa e direta quando se trata de buscar alguém para um relacionamento mais profundo e duradouro. Não tem a ver com ir direto ao ponto, sem nenhum romantismo, mas sim com transparência, autenticidade e cuidado para com outro durante a paquera”, afirma a consultora de relacionamento.

Então, fique ligado para não queimar suas cartas com as gatas.