Se você é apaixonado por futebol, sabe a frustração que é ver seu time perder um clássico, não é? Aguentar as piadas sobre o péssimo desempenho do camisa 10 ou aquele frangaço do goleirão… Não é fácil! Pior ainda é quando sua companheira não entende porque você está chateado. Mas acredite: a partir de agora, você vai precisar saber lidar com a derrota caso queira manter a namorada (ou esposa). Isso porque um levantamento realizado pelo site de relacionamentos ParPerfeito revela que apesar de a maioria das mulheres não se incomodar com a importância que nós homens damos ao futebol, elas desaprovam a alteração de humor após uma partida ruim.

Segundo os resultados, 52% (a grande maioria) das mulheres acreditam que mudar o humor por conta de uma partida de futebol prejudica a relação. “O incômodo das mulheres com o futebol só aparece nos efeitos colaterais do fanatismo, seja quando você fica ressentido com a perda do time, seja quando isso demanda uma vida social excessivamente distante do relacionamento”, analisa Frederico Mattos, consultor de relacionamento do ParPerfeito. “De resto é bem provável que a maioria das mulheres até achem engraçado na maneira que seus parceiros ficam aflitos com algo que para a maior parte delas é irrelevante.”

E pode mesmo haver uma luz no fim do túnel. Ainda segundo essa análise, 83% das mulheres dizem que a importância que damos ao esporte não interfere no relacionamento. Assim como 71% delas não ligam quando nós passamos algum tempo fora assistindo ou jogando bola com os amigos. No entanto, vale manter a cabeça no lugar e deixar a preocupação com a derrota da porta para fora. Afinal, jogo é jogo… E vice-versa.