Precaução nunca é demais, você sabe. Principalmente porque a violência no Brasil vem crescendo em ritmo acelerado, atingindo todas as classes e estados do país. Segundo uma pesquisa realizada pelo Datafolha em 2014, um em cada cinco brasileiros foi vítima de algum crime. Foram realizadas mais de 2 mil entrevistas, em 162 municípios do país. Com base nestes dados, Mauricio da Silva Lazzarin, Coordenador dos Cursos Segurança Privada e Segurança no Trabalho da Universidade Cidade de São Paulo (UNICID), listou 10 dicas de segurança para quem vive em cidades grandes. Por mais que alguns já sejam conhecidos, vale a pena criar um checklist mental para não cair em enrascadas!

1/ Evite sair com objetos de valor como relógios, pulseiras, colares e outras joias; e não saia com grandes quantias de dinheiro ou cartões de crédito se não houver necessidade;

2/ Em transportes coletivos e lugares muito movimentados, mantenha a bolsa, carteira, pacotes ou sacolas em frente ao seu corpo;

3/ Evite utilizar celulares em vias públicas;

4/ Evite deixar o carro estacionado na rua em lugares que indiquem períodos longos de ausência do condutor. Procure estacionar seu veículo em ruas iluminadas e próximo a locais vigiados dia e noite. Não deixe bolsas, embrulhos, roupas e pacotes à vista, dentro do carro;

5/ Procure não se aproximar de seu carro ou residência e nem entrar neles se perceber a presença de pessoas suspeitas nas proximidades;

6/ Ao conduzir seu veículo mantenha as portas travadas. Se possível, mantenha os vidros do carro fechados também;

7/ Não pare para discutir pequenas batidas, principalmente à noite. Bandidos se utilizam de pretextos e distração em momentos críticos para assaltar;

8/ Ao levar crianças à praças, praias, clubes ou grandes eventos procure identificá-las com nome, endereço e telefone;

9/ Ao viajar por grandes períodos, suspenda a entrega de jornais e avise a um vizinho de confiança sobre a sua ausência. Se possível, peça a um parente ou amigo para que recolha sua correspondência e visite sua casa periodicamente, para certificar que está tudo certo;

10/ Não abra a porta para pessoas que se apresentam para oferecer serviços não solicitados (encanadores, eletricistas, técnicos, etc.). Utilize o interfone caso possua. Confirme serviços solicitados com as c