Saber utilizar o tempo a seu favor e ganhar produtividade é um grande diferencial profissional, independente de sua área de atuação. Mas nem tudo são flores, você sabe. Procrastinar é um problema crônico, principalmente quando existem dezenas de tarefas a serem executadas logo após o final de semana ou um feriado prolongado. Ou uma sexta-feira de sol em que tudo o que se pensa é na cerveja pós-expediente.

Mas ter produtividade vai muito além de simplesmente cumprir uma função. Trata-se de desenvolvimento pessoal, alcançar metas, galgar postos mais elevados de trabalho. Inclusive, a capacidade de organizar bem o tempo de serviço, produzindo adequadamente dentro dos horários de trabalho, evita horas extras, o que afeta diretamente sua vida fora do escritório. É possível identificar os benefícios da produtividade em vários outros campos: saúde, amor, cuidados com a casa… Reunimos as principais estratégias para desenvolver mais produtividade, limar a papelada sobre a mesa e fazer a moral com o chefe.

 

Um estudo da Universidade do Colorado (EUA) mostrou que para o homem primitivo, fazer planos de longo prazo não era tão importante quanto saciar as necessidades básicas e instantâneas de sobrevivência. Logo, procrastinar está no nosso DNA. De acordo com os cientistas, existe um componente genético que faz com que você perca a concentração na atividade que está fazendo para se preocupar com uma perturbação momentânea, como as mensagens nos grupos de WhatsApp, por exemplo.

/ 6 táticas simples para ter mais produtividade

o1/
Liberte-se de elementos eletrônicos

Hoje, ficar conectado tira o foco do trabalho. É o caso de chats, redes sociais, Skype, vídeos, notícias, curiosidades… Tudo isso sabota sua atenção e dificulta a realização de tarefas diárias. “Reserve um tempo no seu dia para cuidar dos e-mails e relacionamentos, mas não permaneça 100% do tempo ligado a isso”, sugere Ricardo Barbosa, pós-graduado em gestão de projetos pela Fundação Vanzolini da Universidade de São Paulo (USP). Deixe para se atualizar sobre o mundo lá fora na hora do almoço.

produtividade
produtividade

02/
Faça uma lista de todas as tarefas do dia

Ordene as realizações por ordem de importância e dê a devida atenção a cada uma delas. Segundo Barbosa, estar preocupado com muitas coisas ao mesmo tempo faz com que você não cumpra nenhuma tarefa adequadamente. Separe suas atividades em: Crises (importante e urgente), Urgências (urgente mas não importante), Planejamento (importante mas não urgente) e Rotina (nem importante e nem urgente).

03/
Comprometa-se somente com sua função

Para parecer produtivo, você corre o risco de acumular várias atividades ao mesmo tempo. Muitas delas, inclusive, não são nem mesmo sua obrigação, de fato. “Reconheça seu escopo de trabalho, você é pago por ele. Foque no seu objetivo”, orienta Barbosa.

produtividade
produtividade

04/
Evite levar para empresa problemas pessoais

Muitas vezes isso é impossível, nós sabemos. Mas evite ao máximo que as questões pessoais impactem de maneira pesada nos resultados do trabalho, lembrando que a falta de concentração na tarefa em execução pode levar a retrabalho ou a prejuízos muito maiores.

 

05/
Faça sempre o seu melhor

Muitos colaboradores não buscam fazer um trabalho diferenciado, criando um ciclo vicioso no qual a acomodação gera desmotivação e o famoso “estou fazendo o básico”. Por mais que seja convidativa, a procrastinação gera acumulo de serviços. Tente resolver as pendências na hora. Deixar para amanhã pode trazer consequências graves e resultados negativos.

produtividade
produtividade

06/
Descanse o suficiente

O descanso é fundamental para que se possa ser produtivo. Nenhum profissional é 100% do tempo trabalho. “Temos que cada vez mais exercer o famoso ócio criativo. Assim é necessário relações balanceadas. Estabeleça-as bem e você terá muito mais tempo para sua vida pessoal, caindo com o mito de que o colaborador dedicado é o que só pensa no trabalho. Só pensar no trabalho não é bom, pois afeta diretamente sua saúde, família e qualidade de vida. Quando você planeja suas atividades, consegue ser produtivo”, finaliza o especialista em gestão de projetos.