BRUNO ACIOLI

Arnold Schwarzenegger é somente o maior nome do cinema mundial quando o assunto é meter a porrada em algum alienígena, seja ele um androide, seja ele um monstro sedento por sangue (ou simplesmente salvar o Natal). Sete vezes vencedor do Mr. Olympia – torneio que premia o mais bem definido corpo masculino – não é de se espantar que o também ex-Governador da Califórnia (EUA) teria a própria marca de suplementos e treinamento físico. E aqui está ela!

Aos 70 anos, Schwarzenegger decidiu juntar-se a outros grandes nomes do alto desempenho esportivo (como o fenômeno da NBA LeBron James) e apresentar uma empresa focada em suplementos alimentares, rotinas de exercícios e aconselhamento físico: A Ladder. O anúncio foi dado com exclusividade à Revista Men’s Health, nesta semana. Integram a diretoria do projeto a esquiadora multicampeã Lindsey Vonn e a supermodelo Cindy Crawford.

Em entrevista ao periódico americano, Schwarzenegger explica que a ideia da Ladder não é entupir as pessoas com proteína e outras coisas que sequer sabem para o que funciona, mas oferecer um serviço completo e individualizado. Em resumo, você deve preencher um questionário e a empresa fornece, de acordo com seu objetivo e rotina, exatamente o empurrão alimentar necessário para atingir sua meta.

Quer receber mais conteúdos sobre Fitness?
Inscreva-se abaixo. Nada de spam!

/ O plano de Arnold Schwarzenegger


Em um bate-papo com Ebenzer Samuel, da MH americana, Arnie comentou como as diferentes necessidades alimentares provindas de diferentes treinamentos e perfis físicos podem impactar no desempenho atlético das pessoas. “Um homem que tem 30 anos, 80 kgs e treina duas horas por dia tem um perfil de dieta diferente de um que possua o mesmo peso e idade, porém treine com outra carga horária”, contou à publicação.  

A ideia surgiu de uma conversa que Arnie e LeBron tiveram anos atrás. “Ele [LeBron] me contava sobre a preocupação em usar suplementos e correr o risco de ser pego no antidopping, pois nós sabemos que existe whey protein, proteina de ovo, mas não conhecemos, de fato, todos os produtos que vão na composição”, explicou. 

/ Como funciona a Ladder

Na prática, nada muito diferente do que você está acostumado. Primeiro, é preciso responder a um questionário simples e objetivo de seis perguntas. São elas que vão guiar seu planejamento nutricional com a Ladder. Após isso, o próprio sistema online da empresa sugere qual é o tipo de suplemento que você precisa e qual é a frequência de consumo diário. Nós, inclusive, testamos várias combinações. Existem quatro tipos de produtos: duas focadas em proteína, sendo uma delas um tipo de whey, outra em energia e mais uma com nutrientes de legumes e verduras. 

É possível, inclusive, montar o planejamento sem passar pelas perguntas que comentamos. Os preços podem por porção (que vem em sachê e custa US$2,50 cada) ou por um grande pacote (que chega até US$ 90 por mês). 

O serviço está somente disponível para os EUA.